Cerveja Artesanal Levare na Revista Visão

“É tudo feito à vista do cliente”, diz Adriano Dias, pai de Edgar Dias, 36 anos, o mestre cervejeiro, quando nos recebe à entrada da Levare, na Praça da Batalha. No edifício, um quatro-em-um que junta fábrica, restaurante, brew pub e beer garden, encontram-se os cinco estilos-base que produzem (lager, brown porter, witibier, american IPA e belgian tripel) com a marca Levare – em garrafa, com rótulos que mostram pontos turísticos do Porto, e à pressão (€1,70 a €4,40), a sair diretamente “da cuba para o copo”.

Depois de 27 anos a viver no Rio de Janeiro, a família Dias regressou à cidade de origem, em 2017, para fazer cerveja artesanal. “É algo comum por lá”, conta Edgar, que, depois de apresentar já este ano a Marshmallow, vai lançar este mês duas edições especiais: a Dark Moon Roow (disponível a partir desta sexta, 8) e a Saison Daddy (no dia 19). Os clientes, diz pai e filho, mais do que estilos diferentes, pedem novas experiências. Na ementa, sugerem-se petiscos para partilhar (4 petiscos €15, 8 petiscos €29) harmonizados com cerveja (5 estilos, €15).

Para fins de tarde animados, bem no centro da cidade. Pç. da Batalha, 12, Porto > T. 22 205 9118 > seg-ter, qui e dom 12h-23h, sex-sáb 12h-24h.

Cerveja Artesanal Levare
In Revista Visão